Documentação

DOCUMENTAÇÃO

Do Motociclista

– CNH;
– Carta de Habilitação Internacional – exigida na Bolivia e no Chile (no Chile há tolerância) – pode ser tirada diretamente no Detran ou por meio de Despachante e fica pronta em 3 dias;
– Nos países do Mercosul basta a CNH;
– RG recente e em bom estado ou Passaporte válido – este recomendável pois é só bater o carimbo na Migração – no caso do RG precisa preencher papéis e guardá-los para apresenta-los na saído do pais;
– Vacina de Fébre Amarela – é exigida na Bolívia e Peru e deve ser tomada pelo menos 10 dias antes da viagem em Postos de Saúde – também é necessário levar a caderneta para valida-la em viagens internacionais junto a uma Agëncia da ANVISA que podem ser encontradas nos Aeroportos;
– Seguro Saúde de Viagem é aconselhavel, pois assegura atendimento imediato em caso de emergência.

Da Moto

– Documento da moto em nome do piloto e desalienada;
– No caso da moto estar financiada é necessário autorização da financeira em nome do piloto determinando os países em que vai transitar e com firma reconhecida;
– O Carimbo dos Consulados nestas autorizações, dos países em que vai transitar, está previsto na legislação internacional, mas na prática não é exigida;
– Moto em nome de empresa também é exigida a autorização nos moldes acima;
– Carta Verde é obrigatória – é o seguro obrigatório do Mercosul , semelhante ao nosso DPVAT. – pode ser tirado pelo mesmo corretor que faz o seguro da moto ou pela Magna Corretora (Foz de Iguaçu – tel – 45-3577-4144) neste caso sai de um dia para o outro – (Sedex 10);
– Recomenda-se verificar se a apólice de seguros da moto cobre o Mercosul e os países a se transitar, fazendo o endosso quando necessário .
Fonte: Portal Motoatacama

Anúncios